Bem-vindo!

23 de dez de 2014

Lutar pelos interesses da comunidade é ir além!

Temos muito orgulho dos nossos projetos de Responsabilidade Social. Através deles, temos a certeza de estar colaborando para um mundo melhor.

O Projeto Méthodos na Escola, por exemplo, já levou importantes informações sobre saúde a mais de 9500 pessoas.

Conheça mais aqui:
http://www.projetos.methodoslab.com.br/p/methodos-na-escola.html





20 de dez de 2014

Hoje é o Dia Internacional da Solidariedade Humana





O Dia Internacional da Solidariedade Humana foi criado em comemoração à primeira década das Nações Unidas para a Erradicação da Pobreza, na Cúpula do Milênio, realizada em 2000.

A Declaração do Milênio das Nações Unidas, documento que reúne os planos de todos os Estados-Membros da ONU visando melhorar a vida dos habitantes do planeta no século XXI, reconhece que a solidariedade é um dos valores fundamentais essenciais para as relações internacionais neste século.

A data tem como principal objetivo fortalecer os ideais de solidariedade entre as nações, povos e indivíduos.

O dia é uma oportunidade para pensarmos na importância de agirmos juntos em prol de pessoas mais vulneráveis da sociedade, sem esperar nada em troca. Vivemos num mundo de desafios comuns e, se trabalharmos juntos em torno dessas causas, conseguiremos construir um futuro melhor.

18 de dez de 2014

"Seja a mudança que você quer ver no mundo!"



"Se pudéssemos mudar a nós mesmos, as tendências do mundo também mudariam. À medida que um homem muda sua própria natureza, também a atitude do mundo em direção a ele muda. Este é o mistério divino supremo. É uma coisa maravilhosa e a fonte da felicidade. Não precisamos esperar para ver o que os outros fazem."

Mahatma Gandhi 

26 de nov de 2014

Vaga para Coletador




Atualização de status em 12/12/2014: vaga preenchida


Vaga para Coletador

LocalPouso Alegre

Horário24h semanais  – segunda a sábado

Benefícios, entre outros:
Plano de saúde Unimed.
Ticket alimentação
Seguro de vida
Adicional de insalubridade

Atividades:
Coletar as amostras biológicas dos clientes
Aplicar teste intradérmico
Arrumar e equipar as salas de coleta com os materiais necessários
Preparar os materiais necessários para a coleta das diversas amostras biológicas

Perfil desejado:
Atenção concentrada
Organização
Ser bom puncionista
Ter iniciativa
Educado
Paciente
Bem humorado
       
Requisitos:
Ensino técnico em enfermagem
Um ano de experiência na área de enfermagem (auxiliar ou técnicos)
Desejável carteira B



Para se inscrever na vaga, cadastre seu currículo em nosso site:

20 de nov de 2014

Dia do Biomédico




Você sabia?
As análises clínicas são executas por farmacêuticos, biomédicos, biólogos, bioquímicos e médicos . Estes profissionais são supervisionados e tem seu trabalho validado pelo responsável técnico legal pelo laboratório clínico (RT no Brasil). A fiscalização do laboratório fica a cargo da ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária e dos técnicos de nível superior por seus respectivos conselhos profissionais. Nesta área, o analista clínico analisa os fluidos biológicos humanos ao passo que o patologista examina os tecidos através da análise microscópica de cortes histológicos.

O Biomédico é um profissional mais voltado às áreas celular (Microbiologia, Micologia, Citopatologia, Embriologia, Histologia, Parasitologia etc.) e molecular (Bioquímica, Biofísica, Radiobiologia, Genética, Imunologia etc.), mas podendo atuar em áreas anátomo-fisiológicas e sociais (Anatomia Patológica, Fisiologia, Farmacologia, Saúde Pública, Perfusão Extra-Corpórea etc.).

18 de nov de 2014

Prevenção ao diabetes em Cambuí e Pouso Alegre

Nos dias 13 e 14 de novembro o Méthodos Laboratório realizou, nas cidades de Cambuí e Pouso Alegre, mais uma ação em prol da prevenção do diabetes tipo 2, doença que já atinge mais de 14 milhões de brasileiros.

Ao realizar, gratuitamente, exames de glicemia capilar, o Méthodos contribui também para a detecção de novos casos de diabetes: entre 4 a 5 milhões de pessoas não sabem que tem, somente no Brasil.

Mais de 800 pessoas foram atendidas, sendo 458 atendimentos em Pouso Alegre e 401 em Cambuí.

O diabetes tipo 2 ocorre em aproximadamente 90% dos casos, e geralmente em quem é obeso e tem mais de 40 anos. Mas tanto o tipo 1 quanto o 2 podem se desenvolver em qualquer idade, inclusive em crianças.

Os sintomas mais comuns do diabetes são a sede excessiva, fome aumentada, urinar com frequência, a perda de peso, o cansaço, visão embaçada, infecções frequentes e feridas de difícil cicatrização.

Dentre os fatores de risco, os principais são a obesidade, inclusive a infantil, fatores hereditários, a falta de atividade física regular, a hipertensão, a presença de altos níveis de colesterol e triglicérides no sangue, a intolerância à glicose identificada por exames, gordura abdominal, idade acima de 40 anos e o estresse emocional.

Mas alguns hábitos também podem predispor o nosso organismo ao desenvolvimento do diabetes tipo 2, como o consumo excessivo do álcool, açúcar e carboidratos.

A prevenção começa com mudanças em nossos hábitos cotidianos.








12 de nov de 2014

Vaga para Auxiliar de Laboratório


Atualização de status em 24/11/2014: vaga preenchida

Vaga para Auxiliar de Laboratório

Local: Unidade Central (Pouso Alegre – MG)

Horário: 44h – segunda a sábado

Benefícios, entre outros:
-Plano de saúde Unimed.
-Ticket alimentação
-Seguro de vida
-Adicional de insalubridade

Atividades:
-Cumprir a rotina técnica diária do setor
-Realizar as manutenções preventivas diárias
-Abastecer os equipamentos
-Realizar registro dos itens sujeitos a monitoramento do setor
-Monitorar o sistema informatizado

Perfil desejado:
-Atenção concentrada
-Organização
-Dinamismo
-Trabalho em equipe
-Ética
-Comunicação
-Discrição


Para se inscrever na vaga, cadastre seu currículo em nosso site:
http://www.methodoslab.com.br/contato-trabalhe-conosco

27 de out de 2014

É Tempo de Outubro Rosa!

Palestra realizada no 20º Batalhão da PM, em Pouso Alegre, sobre o Cuidado de Si e acima de tudo sobre o Outubro Rosa
Nossos agradecimentos à querida Professora Leila Silvia Latuf.








16 de out de 2014

Vaga para Assistente Comercial

  

Atualização de status em 11/2014: vaga preenchida

-Local:
Unidade Central (Pouso Alegre – MG)

-Horário:
44h – segunda a sexta

-Benefícios, entre outros:
Plano de saúde Unimed
Ticket alimentação
Seguro de vida
Adicional de insalubridade

-Atividades:
Conferir programação comercial
Acompanhar programação de vendas, contratos e afins;
Auxiliar na logística de eventos e palestras
Executar outras atividades correlatadas.

-Requisitos:
Ensino técnico ou superior (completo ou cursando)
Habilidade em Word, Excel, Power Point e Windows
Boa escrita (português)

Carteira de habilitação B

-Cadastre seu currículo em nosso site:

15 de out de 2014

Vaga para Auxiliar de Recepção





Atualização de status em 11/2014: vaga preenchida

-Local
Unidade Central (Pouso Alegre – MG)

-Horário
segunda a sexta: das 08h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h30

-Benefícios, entre outros:
Plano de saúde Unimed.
Ticket alimentação
Seguro de vida
Adicional de insalubridade

-Perfil desejado:
Atenção concentrada
Habilidade para digitação
Boa dicção
Fluência verbal
Perspicaz
Comunicativa
Solícita
Paciente
Educada
Persuasiva
Responsável
Organizada

-Atividades:
Receber, orientar, cadastrar o cliente
Atender ligações
Receber material de laboratórios de apoio
Consultar na Internet e imprimir resultados de laboratórios de apoio
Receber e conferir material enviado pelos postos de coletas
Agendar exames
Agendar coletas a domicílio

-Requisitos:
Ensino médio completo
Informática

-Cadastre seu currículo em nosso site:
http://www.methodoslab.com.br/contato-trabalhe-conosco

11 de out de 2014

11/10 - Dia Nacional de Prevenção à Obesidade



Troque o regime da segunda pelo bom hábito alimentar no cotidiano 

O excesso de peso está associado a diversas doenças:
-Doenças do coração
-Hipertensão
-Trombose
-Apnéia
-Esteatose hepática
-Depressão
-Asma
-Infertilidade e gravidez de risco
-Neoplasia
-Colesterol alto
-Diabetes tipo 2

20 de set de 2014

Carta aberta da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) à população brasileira

Reproduzido na íntegra do site do Conselho Federal de Medicina.


Qui, 18 de Setembro de 2014 11:31


Às vésperas do Dia Internacional do Idoso, celebrado em 1º de outubro, a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), entidade filiada à Associação Médica Brasileira (AMB), que congrega mais de 2 mil membros associados, distribuídos em 18 seções estaduais, divulga Carta Aberta à População Brasileira, na qual traz à reflexão quanto ao cenário atual do envelhecimento e saúde do idoso no país, seus avanços e fragilidades.

Após completar 10 anos em 2013 o Estatuto do Idoso, responsável por instituir uma política nacional que prevê, entre outros aspectos, direitos e deveres relativos a esta população, a realidade revela que na prática muito ainda há de se avançar, conforme avalia a SBGG na Carta.

Estabelecer uma rede integrada de atenção ao idoso, no qual seja promovida a integração entre todos os níveis de atenção à saúde – primária, secundária e terciária - bem como promover a formação e capacitação de profissionais qualificados para atender à crescente demanda de maneira integral às demandas dos idosos em suas diferentes esferas de saúde, educação e sociais são alguns dos aspectos retratados no documento.

De acordo com dados do IBGE, a população idosa no Brasil é atualmente de 22,9 milhões (11,34% da população) e a estimativa é de que nos próximos 20 anos esse número mais que triplique. Para se ter ideia, enquanto o número aumenta ano a ano, existem apenas 1000 geriatras no Brasil, uma média de apenas um geriatra para cada 20 mil idosos, conforme dados recentes do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Leia a Carta na íntegra abaixo.



CARTA ABERTA À POPULAÇÃO BRASILEIRA

Prezados Cidadãos e Cidadãs,

O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial. No Brasil o processo iniciou-se a partir de 1960 e as mudanças se dão a largos passos. Em 1940, a população brasileira era composta por 42% de jovens com menos de 15 anos enquanto os idosos representavam apenas 2,5%. No último Censo realizado pelo IBGE, em 2010, a população de jovens foi reduzida a 24% do total. Por sua vez, os idosos passaram a representar 10,8% do povo brasileiro, ou seja, mais de 20,5 milhões de pessoas possuem mais de 60 anos, isto representa incremento de 400% se comparado ao índice anterior. A estimativa é de que nos próximos 20 anos esse número mais que triplique.

Infelizmente, nosso País ainda não está preparado para atender às demandas dessa população. A Política Nacional do Idoso assegura, em seu art. 2º, direitos que garantem oportunidades para a preservação de sua saúde física e mental, bem como seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social em condições de liberdade e dignidade.

Apesar de avanços, como a aprovação do Estatuto do Idoso, a realidade é que os direitos e necessidades dos idosos ainda não são plenamente atendidos. No que diz respeito à saúde do idoso, o Sistema Único de Saúde (SUS) ainda não está preparado para amparar adequadamente esta população.

Neste contexto, prevalecem as doenças crônicas e suas complicações: hipertensão arterial, doença coronariana, sequelas de acidente vascular cerebral, limitações provocadas pela insuficiência cardíaca e doença pulmonar obstrutiva crônica, amputações e cegueira provocados pelo diabetes além da dependência determinada pelas demências.

Já as unidades de atenção básica, “porta de entrada” do idoso no sistema, ainda tem muito a melhorar. Os profissionais da saúde tem olhar fragmentado do idoso e não foram capacitados para atendê-lo de maneira integral. As equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) e dos Núcleos de Apoios da Saúde da Família (NASF) por sua vez, estão incompletas e insuficientes para atender esta parcela da população.

Também há deficiência na quantidade de profissionais, na estrutura física e na rede de exames complementares para atender à necessidade de saúde dos idosos, gerando demora acentuada no atendimento, o que acaba levando a piora do quadro clínico. Assim, os mais velhos acabam sendo levados para as emergências/urgências (Unidades de Pronto Atendimento) e, consequentemente, em situação mais grave e já com indicação de internação hospitalar. Quadro que poderia ter sido evitado, caso houvesse o atendimento adequado no momento correto.

A carência de leitos clínicos nos hospitais públicos, que sofrem com a falta de vários recursos, ocasiona, quando o paciente consegue se internar, prolongamento do tempo de permanência, aumentando o risco de complicações e o óbito do idoso.

Este é o retrato da saúde pública no Brasil, que apesar dos indiscutíveis avanços, apresenta um cenário de deficiências e falta de integração em todos os níveis de atenção à saúde: primária (atendimento deficiente nas unidades de saúde da atenção básica), secundária (carência de centros de referências com atendimento por especialistas) e terciária (atendimento hospitalar com abordagem ao idoso centrada na doença), ou seja, não há, na prática, uma rede de atenção à saúde do idoso.

Diante deste cenário, a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – SBGG, entidade filiada à Associação Médica Brasileira (AMB), e que congrega cerca de 2250 associados, distribuídos em 18 seções estaduais, vem a público manifestar suas preocupações com o presente e o futuro dos idosos no Brasil. É preciso garantir a saúde como direito universal.


Esperamos que tanto nossos atuais, quanto os futuros governantes e legisladores reflitam sobre a necessidade de investir na saúde e na qualidade de vida associada ao envelhecimento.


Dignidade à saúde do idoso!

Rio de Janeiro, 15 de Setembro de 2014.
João Bastos Freire Neto
Presidente SBGG Gestão 2014-2016

Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia

8 de ago de 2014

Hematoma após coleta de sangue




O hematoma é uma situação indesejável que pode ocorrer após a coleta de sangue para exames laboratoriais, e é caracterizado pela presença de sangue fora dos vasos sanguíneos na pele ou nas mucosas.

Como a camada cutânea é levemente transparente, esse sangue é então visto como uma mancha roxa, que evolui bem e desaparece em torno de 10 ou 15 dias. Seu tamanho é variável, conforme o volume de sangue extravasado. 


As causas são várias, dentre elas:

  • Fatores dependentes do sexo, idade e raça, sendo mais comum em mulheres, idosos e crianças;
  • Fatores anatômicos como veias finas e delicadas, associado à quantidade de sangue que deve ser colhido;
  • Falta de compressão do local da coleta, após ter sido retirada a agulha (é muito importante que o local seja firmemente pressionado sem flexionar o braço);
  • Pessoas que estão em uso de anticoagulantes são mais propensas à formação de hematomas.
Há também a influência direta do profissional que está realizando a coleta.

Na ocorrência de um hematoma a orientação é fazer compressas de gelo a cada 10 minutos com intervalos de descanso também de 10 minutos, na primeira hora após a punção. Caso persista o hematoma, fazer compressas de água quente depois de um período de 12 horas da punção, repetindo o procedimento até que o hematoma desapareça.

Não é uma ocorrência normal, embora seja bastante frequente nos laboratórios clínicos.

O Méthodos Laboratório proporciona aos seus clientes uma coleta de qualidade, contratando profissionais com experiência comprovada e treinando-os para a função, com reciclagens permanentes. 


31 de jul de 2014

Amamentar é um ato de Amor!




E também é oferecer carinho e proteção à quem você mais ama!



O leite materno é o melhor alimento para o bebê, e tanto a Organização Mundial da Saúde quanto a Unicef “recomendam a amamentação exclusiva durante os seis primeiros meses de vida da criança e a continuação do aleitamento materno por dois anos ou mais”.

E motivos para isso não faltam!




Para o bebê:



-crianças que se alimentam exclusivamente de leite materno são quatorze vezes mais propensas a sobreviver aos primeiros seis meses de vida do que crianças não amamentadas;


-a amamentação desde o nascimento reduz o risco de morte neonatal em até 45%, estimula a capacidade da criança de aprender e previne a obesidade, diabetes, hipertensão e outras doenças crônicas na vida adulta;

-bebês amamentados até os dois anos de idade são mais resistentes a doenças respiratórias e diarreicas;

-crianças amamentadas por suas mães têm melhor desenvolvimento e podem ser mais inteligentes em razão das trocas afetivas que acontecem durante o ato de amamentar;

-a importância do colo, do aconchego materno, que traduz a proteção e o amor, faz com que o trauma de sair de dentro da barriga de sua mãe seja menor, pois lá a criança estava quentinha e bem alimentada;

-é a melhor forma da criança receber cálcio, fósforo e ferro, além de outros nutrientes importantes, como as vitaminas, garantindo a boa formação óssea que vai do nascimento até os trinta e cinco anos de idade.





Para a mamãe:


-mamães que amamentam têm menos probabilidade de engravidar nos primeiros seis meses após o parto, se recuperam mais rápido após dar à luz e retornam ao peso original mais cedo;

-as evidências mostram também que elas têm menos depressão pós-parto e menor risco de desenvolver câncer de ovário e de mama ao longo da vida;

-a mãe que amamenta sente-se mais segura e menos ansiosa;

-o sucesso para a amamentação exclusiva até os seis meses de vida da criança é iniciar o processo de amamentação logo em seguida ao parto; não oferecer outro tipo de alimento para o bebê como água e chás; oferecer o peito todas as vezes que a criança quiser, chorar ou manifestar fome; e não fazer o uso de chupetas e mamadeiras, para não acostumar a criança a uma forma mais fácil de sucção.




Quer saber mais? Veja os links abaixo da Unicef e do Ministério da Saúde:

Saúde da Criança - Nutrição Infantil, do Ministério da Saúde

Promovendo o Aleitamento Materno, da Unicef

Guia dos Direitos da Gestante e do Bebê - Unicef e Ministério da Saúde

Fonte: OMS, BrasilEscola, Unicef, Ministério da Saúde

6 de jul de 2014

Hemoglobina Glicosilada: Méthodos adquire novo equipamento para a realização dos exames


O equipamento Premier Hb 9210 utiliza o método Cromatografia Líquida de Alta Performance (HPLC) com afinidade do Boronato. Essa associação garante um resultado livre de interferências. A capacidade de produção do equipamento é de 50 amostras por hora propiciando rapidez na entrega dos resultados.


Hemoglobina (Hb) é uma proteína presente em nossas hemácias (glóbulos vermelhos). A função da hemoglobina é transportar oxigênio no sistema circulatório. Denomina-se hemoglobina glicada (HbA1c) a fração da hemoglobina que se liga a glicose. 

Durante o período de vida da hemácia - 90 dias em média - a hemoglobina vai incorporando glicose, em função da concentração deste açúcar no sangue. Se as taxas de glicose estiverem altas durante todo esse período ou sofrer aumentos ocasionais, haverá necessariamente um aumento nos níveis de hemoglobina glicada. 

Dessa forma, o exame de hemoglobina glicada consegue mostrar uma média das concentrações de hemoglobina em nosso sangue durante aproximadamente 60 dias - não podemos dizer que são durante todos os 90 dias porque a hemácia pode não ter ficado viva todo esse tempo.

O exame de hemoglobina glicada (ou Glicosilada, ou HB A1c) é um importante aliado da glicemia de jejum, um exame que mede as concentrações de glicose no sangue do paciente apenas no período da coleta. No entanto, os resultados podem oscilar dependendo de alguns fatores, como prática de atividade física ou medicações que o paciente ministra. Além disso, alguns indivíduos podem apresentar a glicemia de jejum normal e ter picos hiperglicêmicos em outros períodos. Por isso o exame de hemoglobina glicada é importante - ele mostra a concentração média de glicose no sangue de uma pessoa durante um longo período. 

A hemoglobina glicada serve para diagnosticar a acompanhar o diabetes, em conjunto com os exames de curva glicêmica e glicemia de jejum. As principais doenças envolvidas na dosagem de glicose são o diabetes tipo 1 e o diabetes tipo 2, mas a hemoglobina glicada pode ser indicada pelo seu médico mesmo que você não tenha sintomas definidos, apenas como parte do check-up de uma consulta - principalmente porque o diabetes pode permanecer assintomático por muito tempo. 

Em alguns casos, a hemoglobina glicada pode ser pedida para fazer o diagnóstico de anemia ou baixas contagens de hemoglobina. Raramente o médico pedirá o exame para fazer o diagnóstico de uma hipoglicemia, mas pode acontecer. 

Alguns sintomas ou condições que podem levar seu médico a pedir o exame de glicemia de jejum para uma investigação mais profunda são:

-Exame de glicemia de jejum acima do normal
-Urinar várias vezes ao dia
- Sede intensa
-Perda de peso apesar da ingestão de alimentos
-Glicemia fora do jejum maior que 200mg/dl
-Desidratação
-Tonturas
-Mal estar (em crianças pode se manifestar como uma dor abdominal)
-Fome intensa
-Náusea - Desmaios ou comas
-Troca da dosagem ou do medicamento para tratamento do diabetes
-Parente direto com diabetes.

Pessoas sadias deve fazer a hemoglobina glicada anualmente ou bianualmente, em seu check-up médico. Pessoas com diabetes devem ter um controle mais rigoroso, variando a frequência entre três a seis meses, conforme o caso.

Fonte: Portal Minha Vida.
Saiba mais em: Hemoglobina Glicada

1 de jul de 2014

Vaga para auxiliar de laboratório



Atualização de status em 08/2014: vaga preenchida


Vaga para Auxiliar de Laboratório
-Pouso Alegre

Pré-requisitos: 
-Curso de Auxiliar de Laboratório

Horário:
-De segunda a sábado
- 44h semanais

Benefícios: 
-Plano de saúde Unimed
-Ticket alimentação
-Seguro de vida
-Adicional de insalubridade

Atividades desenvolvidas: 
-Cumprir a rotina técnica do setor
-Realizar as manutenções preventivas diárias
-Abastecer os equipamentos
-Realizar registro dos itens sujeitos a monitoramento do setor
-Monitorar o sistema informatizado

Perfil desejado: 
-Atenção concentrada.
-Organização.
-Dinamismo
-Trabalho em equipe
-Comunicação
-Ética
-Discriçao

Cadastre seu currículo em nosso site:

http://methodoslab.com.br/contato-trabalhe-conosco

25 de jun de 2014

Campanha do Agasalho 2014 - Doações para o Projeto Chama e Asilo de Cambuí

Veja mais instituições beneficiadas com a Campanha do Agasalho 2014. O sucesso foi tanto que as doações continuaram.


-Asilo Pe. Antônio Paschoal, em Cambuí, MG, doação de 250 peças.

-Projeto Chama, em Pouso Alegre, MG, doação de 88 peças e 58 litros de leite. O Projeto atende atualmente um total de 100 crianças e adolescentes, sendo 15 em período integral.





Projeto Chama, Pouso Alegre

Projeto Chama, Pouso Alegre
Asilo Pe. Antônio Paschoal, Cambui, MG

Doações

Asilo Pe. Antônio Paschoal, Cambui, MG

Asilo Pe. Antônio Paschoal, Cambui, MG

Asilo Pe. Antônio Paschoal, Cambui, MG